CDL Cacoal mobiliza esforços para adesão ao Movimento Unidos Pela Vacina

Desde fevereiro a Câmara de Dirigentes Lojistas de Cacoal – CDL Cacoal – mobiliza esforços pela adesão ao Movimento Nacional de Vacinação em massa, capitaneado pela empresária Luiza  Helena Trajano, do Magazine Luiza. A mobilização surgiu por iniciativa do Grupo Mulheres do Brasil, liderado pela empresária, para engajar a sociedade, em conjunto com empresários de todo o Brasil.

O objetivo dessa iniciativa é resolver os entraves da vacinação pública, apoiando o Sistema Único de Saúde, agilizando na compra, transporte, distribuição e a aprovação de imunizantes no Brasil, mas sem fazer a aquisição de vacinas.

O movimento UNIDOS PELA VACINA é uma ação que facilita as interfaces junto ao governo federal, estadual e municipal, com o objetivo de identificar as demandas e necessidades, e fazer pontes com empresas parceiras que possam suprir estas demandas.

Este é um movimento da sociedade civil que reúne centenas de entidades, empresas, associações e ONGs, unidas por um único propósito: tornar viável VACINAR TODOS OS BRASILEIROS ATÉ SETEMBRO DE 2021.

 

Em Cacoal

A CDL Cacoal recebeu da Prefeitura nesta semana a lista de materiais e recursos humanos necessários para a vacinação em massa. Na prática a empresa Madrinha, no caso a CDL Cacoal, faz a ponte entre empresas que farão as doações, ou ‘amadrinhamento’ das ações e investimentos, podendo fazer doações de recursos, produtos e até voluntariado para que a ação seja efetivada e para atender as demandas solicitadas pelo município.

Em Cacoal as empresas Concreaço, Sicoob Credip, Banco Basa e o Serviço Nacional De Aprendizagem Comercial – SENAC – já iniciaram ações. Além disso,  várias outras já se dispuseram a ‘amadrinhar’ o Movimento, que necessita de apoio privado e do poder público para ser posto em prática. Nesta semana a CDL Cacoal realiza reuniões com empresas e profissionais de saúde, para agilizar o levantamento de demandas e ações necessárias.

O presidente da entidade, Adeuvaldo Gomes de Brito, disse que neste momento é preciso que a sociedade civil esteja unida ao município, para atender a esta demanda: ”Percebemos que as empresas estão mobilizadas em ajudar o poder público, já que a logística de vacinar uma cidade é bastante complexa”, analisou ele.

 

As premissas do Movimento

As principais premissas são:

1 - Movimento apartidário e sem interesses comerciais;

2 - Gerar engajamento com foco na solução;

3 - Não reclamar nem procurar culpados;

4 - Olhar para a frente, o que pode ser feito no futuro;

5 - Dialogar com os governos em todas as esferas;

6 - Estar aberto às mudanças ao longo do caminho para fazer melhor e mais rápido.

 

Saiba mais

Confira mais informações pelo site: www.unidospelavacina.org.br

Comentários

Olá, como posso ajudar?

Olá, como posso ajudar?