Notícias

Banco do Brasil estuda corte nos juros para pessoa física

Enquanto prepara um anúncio oficial nesta semana com um pacote com novas alíquotas para os juros sobre capital de giro para micros, pequenas e médias empresas, o Banco do Brasil estuda uma redução nas taxas para empréstimos a pessoas físicas.

A investida para o repasse de linhas de financiamento para o consumidor será parte da investida do Ministério da Fazenda para acompanhar a queda na taxa básica de juros (Selic), rebaixada para 9,75% pelo Banco Central.

O primeiro passo, contudo, será o corte nos juros para empresas, conforme antecipou o iG Economia, como parte das medidas de incentivos ao setor privado desenhadas pela Fazenda, que também estuda aumentar os recursos para capital de giro.

Em 2011, o Banco do Brasil assumiu pela primeira vez a liderança nos desembolsos para micros, pequenas e médias empresas cedidos pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Foram R$ 10,5 bilhões em repasses para o grupo de companhia responsáveis por cerca de 20% do PIB. O volume 36,4% maior que o valor verificado em 2010, o que rendeu ao BB a participação de 21,5% na modalidade no setor bancário brasileiro.