Notícias

CDL faz levantamentos sobre os resultados dos novos horários do comércio em Cacoal

Um dos assuntos mais comentados pela sociedade de Cacoal foi a promulgação do Projeto de Lei 25/2013 que altera a lei 73/1985 que trata dos horários de funcionamento do comércio local. Com quase trinta dias em que foi colocada em prática, os comerciantes começam a sentir os benefícios e problemáticas da vigência desta lei e da fiscalização para que se faça cumprir, isso relacionado ao tocante da adequação das empresas a esta lei.

A CDL – Câmara de Dirigentes Lojistas de Cacoal – ouviu seus associados e está promovendo reuniões para mostrar as motivações que levam os empresários a estardescontentes com algumas normativas da nova lei e também para verificar as possibilidades do comércio se adequar da melhor forma possível a esta nova realidade.

O presidente da CDL,NedesonTacconi,assim como a assessoria jurídica da instituição, realizaram uma reunião com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Comércio de Bens e Serviços do Estado de Rondônia, Sitracom, o senhor Francisco de Lima. Na ocasião, foram expostos estes problemas de forma informal para que o sindicato tomasse conhecimento das condições do comércio com a instalação do Projeto de Lei 25/2013.

A CDL ainda agendou uma reunião com o secretário de indústria e comércio do município, João Henrique, para mostrar os apontamentos dos comerciantes. “Estamos trabalhando para efetuar o levantamento da realidade do comércio de Cacoal e de estreitar o diálogo entre os poderes do município que estejam envolvidos na fiscalização e execução da lei. Acreditamos que com bom diálogo poderemos nos adequar e verificar o que será melhor para a maioria. Trabalhamos em prol de nosso associado, mas não deixamos de lado os anseios da sociedade”, disse Tacconi, presidente da CDL.