Notícias

Comércio de Cacoal inicia contratações temporárias para fim de ano

Com a aproximação das festas de fim de ano, quando as vendas no comércio são aquecidas, as contratações temporárias já começaram a ser realizadas por empresas do ramo em Cacoal (RO). De acordo com o Sistema Nacional de Emprego (Sine) no município, a procura deve aumentar ainda mais a partir da primeira quinzena do mês de novembro.

Segundo a gerente de vendas de uma loja de confecções, Magda Maria Coppo, as contratações temporárias já começaram a ser realizadas há um mês, pois os novos funcionários precisam passar por treinamento teórico e prático. “Não podemos contratar funcionários em cima da hora, para atender nossos clientes sem nenhuma preparação”, disse Magda, afirmando que das 10 contratações, metade serão efetivadas.

"Ao final do período de festas, avaliamos o desempenho desses funcionários e efetivamos. Às vezes é preferível dispensar funcionários antigos, com maus hábitos, do que funcionários novos que poderemos moldar”, afirma a gerente.

Esterli Moutinho, que é gerente de um supermercado, contou que as contrações só irão começar a partir da segunda quinzena de novembro. “Nossa pretensão é contratar apenas oito novos funcionários, pois o período de maior movimento será na semana que antecede o Natal. E durante esse período vamos apostar no remanejamento de pessoal”, disse a gerente.

Aproveitando as cinco contratações que foram realizadas para o Dia das Crianças, uma loja de vendas no atacado e varejo já segurou os funcionários para continuarem trabalhando até janeiro de 2014. De acordo com a gerente, Aline de Souza Reis, a aposta é que no período de fim de ano as vendas aumentem 10%, comparando com os demais meses do ano. Para a gerente, o segredo para que o funcionário se torne efetivo é a dedicação e o destaque nas vendas.

A vendedora Maria da Silva, de 27 anos, foi contratada temporariamente em novembro de 2012 por uma loja de confecções. Devido o seu bom desempenho nas vendas, no final do contrato a loja acabou efetivando a funcionária. “Acredito que consegui o emprego através de muita humildade. Acatei todas as ordens que me passaram, tratei os clientes como gostaria que me tratassem e conquistei a confiança dos patrões e a fidelidade dos clientes”, disse a vendedora.

De acordo com a atendente do Sine, Sol Radiante, a procura por funcionários existe, mas ainda está modesta por parte das empresas. A atendente acredita que os setores que terão maior índices de contratações serão nas áreas de vendas e alimentícios.  O Sine fica localizado na Avenida Guaporé,  2839, Centro, e funciona das 7h às 13h, de segunda-feira a sexta-feira.


Fonte: G1/Magda Oliveira