Notícias

Economia brasileira recua 0,5% no terceiro trimestre de 2013, diz IBGE

A economia brasileira recua 0,5% no terceiro trimestre de 2013, em relação aos três meses anteriores, segundo dados divulgados nesta terça-feira (3) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Essa foi a maior queda desde o primeiro trimestre de 2009, quando a baixa foi de 1,6%. O PIB em valores correntes atingiu R$ 1,2 trilhão de julho a setembro.


O IBGE também revisou o PIB de 2012 para alta de 1%, abaixo do que a presidente Dilma Rousseff afirmou em entrevista ao jornal espanhol "El País" no final de novembro. Na ocasião, a presidente disse que a economia brasileira havia crescido 1,5% em 2012 após revisão, acima da alta de 0,9% divulgada pelo IBGE em março.

Na comparação com o mesmo período de 2012, o aumento foi de 2,2%, abaixo dos 2,5% previstos pelo ministro Guido Mantega na véspera. Na noite desta segunda-feira (2), sem saber quais números seriam divulgados, o ministro Guido Mantega disse que o PIB deveria ter sofrido "uma parada" no terceiro trimestre, mas que caminhava na direção de crescimento maior. Na avaliação dos analistas, o resultado ficou dentro do que fora estimado.

O destaque neste teceiro trimestre foi para a queda de 3,5% da agropecuária. Já a indústria e o setor de serviços mostraram a mesma variação, de leve alta de 0,1%. Sob a ótica da demanda, a formação bruta de capital fixo (FBCF) recuou 2,2% em relação ao trimestre imediatamente anterior. Já o consumo das famílias cresceu 1,0%. Pela ótica do gasto, a despesa de consumo das famílias (1,0%) e a despesa de consumo da administração pública (1,2%) apresentaram crescimento em relação ao segundo trimestre do ano. Já a FBCF teve queda de 2,2%. No que se refere ao setor externo, tanto as exportações (-1,4%) quanto as importações de bens e serviços (-0,1%) apresentaram resultados negativos.



Fonte: G1