Notícias

Economia brasileira está se deteriorando, diz Economist

A revista britânica "The Economist" publicou uma reportagem sobre a deterioração da economia brasileira, em que considerou as declarações da presidente Dilma Rousseff sobre a revisão do PIB um tiro no pé. O texto está na edição de 7 de dezembro da revista.

A presidente disse ao jornal espanhol "El País" que o PIB de 2012 seria revisado para 1,5%. No entanto, o IBGE revisou o dado de 0,9% para 1%, na terça-feira passada (3). "Uma informação econômica isolada pode impulsionar ou ser um tiro o pé de um políico", diz a revista, se referindo ao dado errado.

O texto elenca os problemas econômicos principais do país como "crescimento fraco, inflação teimosa e acúmulo de déficits".

No final, no entanto, a publicação assinala que o desemprego está no nível mais baixo da história e que a popularidade da presidente está se recuperando, "apesar de nenhum dos desafios dela terem dado sinal de que vão decolar".

"O time da presidente pode estar certo em seu julgamento político. Mas eles deixaram pouco espaço para manobras", finaliza o texto.

A reportagem cita ainda um economista que projeta crescimento fraco para este ano e o próximo. Com um crescimento fraco no quarto trimestre, o país estaria em recessão técnica, já que vem tendo crescimento baixo e inflação elevada, diz o economista.