Notícias

Inadimplência de Cacoal teve redução de 64,7% em novembro

Em tempo de Natal, uma das festividades em que o comércio mais fatura no ano, Cacoal acaba por ter outra preocupação. A inadimplência!

Esta é responsável por falências de empresas que não conseguiram reverter a situação diante ao não pagamento por parte de seus clientes. Por esta razão a CDL – Câmara de Dirigentes Lojistas de Cacoal – mensalmente emite uma análise dos dados obtidos através do comércio local.

No mês de novembro houve uma queda de 64,7% no índice de inadimplência de Cacoal em uma comparação ao mesmo período no ano passado, de acordo com os dados da CDL. Estes dados são obtidos através do saldo entre os inclusos e exclusos do Sistema de Proteção de Crédito (SPC).

Entretanto, o número de consultas ao sistema também caiu consideravelmente. Enquanto que em 2013 tiveram 17.130 consultas, em 2014 elas totalizaram apenas 15.788, ou seja, uma queda de 7,83%. “Hoje as vendas a prazo tem uma política de crédito mais rígida e conceder crédito sem uma pesquisa no SPC é algo difícil de se acontecer. Então chegamos a conclusão que houve uma redução das vendas a prazo no mês de novembro em relação ao mesmo período do ano passado”, disse Thiago Silva, gerente administrativo da CDL.

Embora houve uma injeção de dinheiro no mercado devido ao pagamento da primeira parcela do 13º salário dos funcionários, tudo indica que houve uma preocupação maior para quitação de dívidas antigas, já que em novembro de 2014 o número de excluídos do SPC teve pouca diferença em relação a 2013 e o de inclusos caiu drasticamente na mesma comparação. Estando as vésperas do Natal e do recebimento da segunda parcela do 13º o comércio pode esperar mais pagamentos a vista e uma provável redução da inadimplência se dezembro tiver o mesmo comportamento que novembro.

Autor: Marcelo Nery