Notícias

Cresce a apreensão de softwares piratas no Brasil em julho

Um levantamento realizado pela Associação Brasileira das Empresas de Software (ABES), em pareceria com a Entertainment Software Associaiton (ESA), mostrou que a apreensão de softwares piratas no Brasil aumentou 486% em julho, em relação ao mês anterior. Com isso, o mês de julho foi o que teve mais apreensões em 2011. Foram 651.502 CDs apreendidos em 396 operações policiais realizadas no mês.

Segundo a ABES, os números mostram um trabalho mais eficiente no combate à pirataria. "Com nosso trabalho, realizado há anos com foco nas vertentes educativa, econômica e repressiva, conseguimos um resultado excelente em julho, que até o momento foi o melhor mês do ano", afirmou o coordenador do Grupo de Defesa da Propriedade Intelectual da ABES, Antônio Eduardo Mendes da Silva, em nota oficial.

São Paulo foi o estado com o maior número de apreensões, respondendo por 85% de todo o material capturado em operações, cerca de 564 mil mídias falsificadas. Em segundo, vêm os estados de Minas Gerais, Paraná e Rio de Janeiro. Ainda segundo a ABES, 579 anúncios e 13 sites de venda de produtos piratas foram retirados em julho.